Startup gera polêmica por agenciar ‘servo masculino’ para mulheres e gays nos EUA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Startup gera polêmica por agenciar ‘servo masculino’ para mulheres e gays nos EUA

Mensagem por Ana em Qui 31 Jul - 11:59

Você está curtindo um dia de sol na piscina e está muito ocupado para se levantar e pegar uma limonada. Bom, se você for mulher ou gay e morar em San Francisco, na Califórnia (EUA), seus problemas estão prestes a acabar. Uma nova startup, a ManServants, vai “alugar” os préstimos de “servos masculinos”. Cobrará por hora ou por dia. Na mesma velocidade em que virou polêmica, o serviço fez os céticos se perguntarem se a coisa é mesmo para valer.

“Até mesmo o nome da companhia soa como uma piada. Mas não é”, afirmou Dalal Khajah, uma das cofundadoras do ManServants, ao site “Mashable”. O site “Business Insider” afirmou que, se a iniciativa for real, a empresa “se junta a uma onda de startups que está tentando emponderar as mulheres mas pode na verdade fazer o contrário”. Nessa linha, o site cita o aplicativo Lulu, que incentivava a mulherada a dar notas a homens com quem tinham se saído -- lembra dele? Muito homem não gostou. Mas muito mesmo.

A ideia do ManServants surgiu quando Christina Nickas, uma de suas idealizadoras, estava organizando a despedida de solteira. Strippers foram descartados para animar a festa. Ela queria servos. Mas tiveram dificuldade de achar.

“Nós acreditamos que assistentes pessoais e ‘garotos de piscina’ são luxos que todas as mulheres e rapazes gays merecem – mesmo que seja por apenas um dia. E eles também dão bons acessórios. Nós acreditamos que mulheres estão em seu melhor quando agem como mulheres, não como homens”, afirma a empresa.

A ManServants tenta afastar qualquer suspeita de que seja uma agência de garotos de programa. “Como uma nota de rodapé geral, isso não é um serviço de entretenimento adulto. Nudez ou atividades ilegais não serão permitidas.”

O negócio dela, pelo que parece, é agenciar mesmo serviçais. “Um servo é um cavalheiro que sabe como encantar damas e mantém uma festa em andamento. Ele é a alma da festa, enquanto faz as damas serem as estrelas do show. Ele servirá drinks, acenderá cigarros, tirará fotos do Instagram, servirá uvas e irá além dos chamados do dever para satisfazer todos os desejos de uma mulher”, descreve a empresa. Os pagamentos partirão de US$ 80/hora ou US$ 300/dia.

No momento, a empresa diz estar recrutando os tais servos para construir um catálogo deles em San Francisco. Os candidatos devem preencher uma ficha no site, além de enviar vídeos e fotos. Aqui, um parêntese: a companhia pede encarecidamente para fotos de nu não serem enviadas. “Seu pênis não te dará um emprego, mas um grande sorriso e uma personalidade atraente, sim”, diz a ManServants -- as moças são diretas, não?

Não são bem-vindos os candidatos com as seguintes características: babacas, machistas, molestadores, lunáticos, esquisitões ou criminosos condenados.

O tempo dirá se a ManServants é para valer. A promessa é que os servos comecem a servir taças de champanhe à beira da piscina a partir de setembro. Caso não seja mais um delírio ou um embuste, o mundo dos empreendedores oportunistas não tardará em importar a tal ideia de alugar servos.

http://g1.globo.com/tecnologia/blog/startup/post/startup-gera-polemica-por-agenciar-servo-masculino-para-mulheres-e-gays-nos-eua.html
avatar
Ana
Bom inicio PaDawn
Bom inicio PaDawn

Mensagens : 512
Data de inscrição : 09/07/2014
Localização : Porto Alegre - RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Startup gera polêmica por agenciar ‘servo masculino’ para mulheres e gays nos EUA

Mensagem por Ana em Qui 31 Jul - 12:01

RISADINHA RISADINHA RISADINHA 

é cada coisa que aparece...

primeiro: se não prestam serviços sexuais, por que a polêmica?

segundo: por que ainda insistem no machismo às avessas? para mim isto não é empoderamento nenhum!!!
avatar
Ana
Bom inicio PaDawn
Bom inicio PaDawn

Mensagens : 512
Data de inscrição : 09/07/2014
Localização : Porto Alegre - RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Startup gera polêmica por agenciar ‘servo masculino’ para mulheres e gays nos EUA

Mensagem por Alice Moura em Qui 31 Jul - 13:41

Acho que a polêmica não vem só da questão sexual, e sim do fato de um homem se portar de modo servil.
Como pode um "ser superior" a mulher se colocar numa posição dessas?
Há gente que não engole, e nem nunca vai tolerar uma coisa dessas.
avatar
Alice Moura

Mensagens : 341
Data de inscrição : 15/07/2014
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Startup gera polêmica por agenciar ‘servo masculino’ para mulheres e gays nos EUA

Mensagem por Ana em Qui 31 Jul - 15:05

Mas o homem se portar de modo servil já existe há séculos no trabalho de mordomo. É claro que o mordomo serve a casa, a família etc... e o que parece este novo servo seria mais para exibir para as amigas... e é aí que digo que elas estão praticando o machismo às avessas, porque muitos patrões escolhem a dedo suas serviçais por gênero e gostosura... e isto é sexismo....
como sempre comentamos o machismo não é perpetuado somente por homens, infelizmente mulheres também o praticam... e agora querem (ou fingem) empoderar as mulheres utilizando o que criticamos no machismo?!
não dá...
avatar
Ana
Bom inicio PaDawn
Bom inicio PaDawn

Mensagens : 512
Data de inscrição : 09/07/2014
Localização : Porto Alegre - RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Startup gera polêmica por agenciar ‘servo masculino’ para mulheres e gays nos EUA

Mensagem por Alice Moura em Sex 1 Ago - 13:25

Na realidade, o poder não é do homem ou da mulher.
O poder é do dinheiro.
Se voce tem como pagar esse tipo de coisa, voilà!
Tem gente que paga, e tem gente que aceita trabalhar dessa forma.
Duvido também que as figuras requisitadas pra exercer essa função sejam de meia-idade, muito experientes na administração de uma casa e empregados, esteja há anos trabalhando para a mesma família, etc., etc. como é, aliás, o estereótipo do mordomo.
avatar
Alice Moura

Mensagens : 341
Data de inscrição : 15/07/2014
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Startup gera polêmica por agenciar ‘servo masculino’ para mulheres e gays nos EUA

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum